Serviços

A Servimetro disponibiliza aos seus clientes serviços de calibração e ensaio, controlo metrológico e avaliação da conformidade para obtenção da marcação CE, nas instalações do cliente ou nas instalações da Servimetro, de acordo com o apresentado nos submenus respectivos.

Os serviços de calibração e de ensaio realizados nas instalações do cliente, podem ser efectuados em laboratório móvel, equipado como um laboratório fixo, sempre que os serviços assim o exijam.

Alguns dos sectores de actividade onde a Servimetro actua são:

  • Centrais de betão e de misturas betuminosas;
  • Centros de inspeção técnica de veículos;
  • Indústria alimentar;
  • Indústria farmacêutica e química;
  • Inspectores/instaladores de redes de gás;
  • Instaladores/reparadores de tacógrafos e de taxímetros;
  • Metalomecânica;
  • Oficinas de manutenção/reparação de veículos.

As taxas relativas ao controlo metrológico, conforme previsto no artigo 12.º do Decreto-Lei n.º 291/90, de 20 de setembro, por cada uma das operações, são atualizadas regularmente com base no despacho n.º 18853/2008, de 3 de julho, publicado no Diário da República, n.º 135, de 15 de julho e alterado através da retificação n.º 2135/2008, de 1 de Outubro, ambos da 2.ª série do mesmo ano, estão anexas ao mesmo Decreto-Lei e são actualizadas anualmente pelo IPQ.

Caso não encontre o serviço pretendido nas nossas listagens, contacte-nos. Podemos já ter a solução para o seu caso ou ajudaremos a encontrá-la.

Consulte as condições gerais de venda de serviços e as metodologias para garantia da confidencialidade e tratamento de reclamações e recursos, a seguir apresentadas.

Condições Gerais de Venda de Serviços

a) Aos valores apresentados acresce o IVA à taxa legal em vigor.

b) O orçamento é válido por 1 ano. Só após recepção do orçamento adjudicado ou da respectiva requisição/encomenda/ordem de compra é que será iniciado o serviço.

c) As condições de pagamento são a 30 dias, salvo quando indicado em contrário. Certificados entregues após pagamento de factura.

d) Após a adjudicação o cliente deverá informar quais os dados do equipamento (nº de série/código de identificação interno/ pontos a calibrar). Na ausência de indicação dos pontos de calibração, a Servimetro distribui os pontos ao longo da gama dos equipamentos.

e) Prazo de execução, após recepção dos equipamentos nas nossas instalações, é de 7 dias úteis. Ao respectivo valor acresce 25% em caso de serviço urgente (3 dias úteis). Os serviços efectuados nas instalações do cliente são sujeitos a marcação prévia (fax/e-mail).

f) Durante a execução do serviço, se forem detectadas avarias ou houver suspeitas sobre o normal funcionamento do equipamento, procede-se de imediato à sua interrupção e informa-se o cliente.

Sempre que se verifique qualquer deficiência no equipamento que, quando sujeito a ensaio/calibração, possa resultar num potencial foco de risco de degradação ou danificação dos intervenientes (ex: massas, equipamento de medição, etc), o técnico tem autoridade para cancelar o serviço ou recusar a realização dos respectivos testes.

g) Caso o cliente pretenda mesmo assim, a realização do serviço, deve isentar por escrito a Servimetro e os seus técnicos de qualquer responsabilidade, assumindo ele próprio a totalidade da responsabilidade por qualquer acidente que possa ocorrer no ensaio/calibração, devendo para o efeito ser preenchido o impresso “DQIM015 – Isenção de responsabilidades”.

h) Todos os trabalhos são efectuados dentro da capacidade técnica da Servimetro, que consta no âmbito da acreditação/qualificação e/ou de acordo com as condições acordadas com o cliente. No caso de calibrações fora do âmbito de acreditação, as mesmas são identificadas no orçamento.

i) No caso de calibrações, se possível, ou aplicável e o cliente assim o pretenda, a Servimetro poderá efectuar ajuste procedendo a uma calibração antes e outra depois do ajuste. Em caso de ajuste é cobrado o valor de outra calibração.

j) No caso de trabalhos realizados nas instalações fixas da Servimetro, o envio e recolha do equipamento fica a cargo do cliente (qd aplicável).

O cliente deve colocar por escrito (fax, e-mail), a forma de devolução (ex: transportadora) do equipamento. Quaisquer eventuais danos nos equipamentos, ocorridos durante o transporte efectuado por outras entidades, que não a Servimetro, nomeadamente, transportadoras, são da responsabilidade do cliente. Os valores orçamentados não incluem quaisquer encargos com o transporte.

k) O horário de funcionamento para a recepção/expedição de equipamentos é o seguinte: 2ª a 6ª feira das 9:00 às 12:30 e das 14:00 às 18:00.

Nota: Nos documentos de orçamento e de simulação de taxas, consta um resumo das condições aplicáveis aos trabalhos realizados no âmbito da actividade de OVM.

Confidencialidade

A Servimetro assume o compromisso de não utilizar indevidamente as informações obtidas no exercício das suas atividades e assegura a sua confidencialidade, não as colocando no domínio público, exceto se previamente autorizado pelo cliente ou quando determinado pelas autoridades.
O cliente é notificado sempre que tenha sido disponibilizada informação confidencial às autoridades, exceto se proibido por lei.

Reclamações

1 - Recepção

Considera-se reclamação, uma manifestação de insatisfação pelos serviços prestados pela Servimetro, e pode ser recebida por qualquer meio, mas a entidade reclamante deve apresentá-la preferencialmente por escrito.

Não há prazo para recepção de reclamações, sendo todas recebidas e tratadas de acordo com este procedimento.

2 - Tratamento

Após análise da reclamação, é emitida uma resposta ao reclamante no prazo de 3 dias úteis, sem prejuízo da decisão final e respectiva comunicação poder levar mais tempo, particularmente relevante no caso da actividade de OVM, em que seja necessário auscultar o IPQ. No caso de reclamações exaradas no livro de reclamações é seguida, adicionalmente, a metodologia aí definida.

3 - Aprovação e comunicação da decisão

A aprovação e envio por escrito da resposta final ao reclamante é da responsabilidade da Administração, podendo dar conhecimento ao IPQ no caso de actividade de OVM, se relevante.

No quadro da Lei nº 31/86 de 29 de Agosto (Nova Lei da Arbitragem Voluntária – Lei nº 63/2011, de 14 de Dezembro) e do Decreto-Lei nº 425/86, de 27 de Dezembro, o cliente, em caso de litígio, pode recorrer ao Centro de Arbitragem de Conflitos de Consumo de Lisboa, com sede na Rua dos Douradores, 116 – 2º − 1100-207 LISBOA, ao qual a Servimetro aderiu.

Recursos

1 - Recepção

Um recurso, sobre uma decisão Servimetro, deve ser apresentado por escrito ao Presidente do Conselho de Administração da Servimetro, no prazo máximo de 2 meses a contar da data de recepção da decisão Servimetro correspondente.

2 - Tratamento

Para tratamento do recurso, é assegurada a sua análise por equipa de pessoas não envolvidas no objecto do recurso, sendo emitida uma resposta à Entidade recorrente no prazo de 5 dias úteis, sem prejuízo de comunicação posterior da decisão sobre o recurso.

3 - Aprovação e comunicação da decisão

O Conselho de Administração toma uma decisão com base na proposta recebida, a qual é comunicada à Entidade recorrente, bem como às pessoas envolvidas no tratamento do recurso, e ao IPQ no caso da actividade de OVM.  

 

Info

Este website usa cookies para melhorar a experiência do utilizador Saber Mais

Aceito